menu Capa chevron_right

Anos 90


Minha História

Polygram [1998] close
keyboard_arrow_down

Lançado numa série criada pela Polygram (selo Polydor), Byafra mereceu a sua MINHA HISTÓRIA no ano de 1998, num relançamento de uma coletânea de 1994 (“A Popularidade de Biafra”), lançada pelo mesmo selo Polydor, mas pela Universal Music. Embora nos anos 90, Byafra tenha emplacado vários sucessos, esta compilação traz sucessos dos anos 80, indo de 1984 a 1986. Este CD conta com músicas que ainda não fizera sucesso no rádio, mas passou a ser tocada a partir deste disco, como é o caso de “Carne e Osso”, de Guilherme Arantes, que Byafra gravou no disco de 1986 (“Toque”).

Brilhantes

Sony Music [1998] close
keyboard_arrow_down

A série BRILHANTES, criada pela Columbia/Sony Music teve em seu catálogo um CD dedicado a Byafra, coroando uma carreira de 20 anos até aquele momento. O CD trazia sucessos de todas as fases de Byafra, partindo de 1979 e indo até o ano de 1990, como Sonho de Ícaro, Seu Nome, Leão Ferido e Helena, todos grandes hits na música brasileira nos anos 80. Além dos magahits, o disco ainda contempla os fãs como músicas excepcionais como Todo o Sentimento, de 1990, Uma Vez e Nunca Mais, de 1980 e Cinema, de 1983, faixa que se tornou tema de novela no SBT no ano de 1992 (Rosa Selvagem).

A Popularidade de Biafra

Universal Music [1994] close
keyboard_arrow_down

Numa série criada pela Universal Music (selo Polydor), Byafra mereceu a sua popularidade no ano de 1994, num disco que reunia músicas de 1984, 85 e 1986, anos dos discos lançados pela Ariola. Embora nos anos 90, Byafra tenha emplacado vários sucessos, esta compilação traz sucessos dos anos 80, indo de 1984 a 1986. Este CD conta com músicas que ainda não fizera sucesso no rádio, mas passou a ser tocada a partir deste disco, como é o caso de “Carne e Osso”, de Guilherme Arantes, que Byafra gravou no disco de 1986 (“Toque”).

Icaro

Gravadora Indie Records [1998] close
keyboard_arrow_down

O CD lançado em 1998 tinha o sugestivo título de “Ícaro” e contava um pouco da história do cantor e compositor, uma vez que cedeu sete lugares no disco para sucessos do passado. Com cinco faixas inéditas, o CD começou embalado pela sonora “Moldura” e trouxe uma nova versão para um grande sucesso do disco de 1987: “Até o Fim”, desta vez com a participação da cantora Rosana. Com tudo, a faixa mais festejada deste CD é uma regravação de Byafra para “Rua Ramalhete”, de Tavito e Ney Azambuja. Muito querida pelos fãs, a faixa foi bem executada no rádio e na televisão.

Infinito Amor

Gravadora Continental [1994] close
keyboard_arrow_down

“Infinito Amor” chegou às lojas em 1994 pela gravadora Warner Music Brasil/Continental e consagrou “Perdões” nas rádios de todo o País. Mais tarde esta canção fez sucesso com a dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó, ícones da música sertaneja do Brasil. A exemplo de disco de 1987, Byafra contou com duas participações especiais neste trabalho: Chrystian e Ralph em “Não Basta” e Margareth Menezes em “Maria e João”, outra pérola da dupla Byafra e Paulo Ciranda. Neste disco, Byafra trabalhou também a faixa “Paixão Passageira”, de Lenine.

Anjo da Guarda

Gravadora RGE [1992] close
keyboard_arrow_down

O LP lançado em 1992 pela RGE, intitulado “Anjo da Guarda”, trouxe como música de trabalho a boa canção “Relâmpago” que levou Byafra aos programas de tvs mais populares da época, embora o grande registro deste 12º trabalho da carreira de Byafra tenha sido “Te Amo”, música que virou tema da novela “Salomé” (Globo) e que por conta disto, já tocava bem em todas as rádios do Brasil em 1991. A exemplo do trabalho de 1983, trazia poucas músicas inéditas (“Me Olhe Diga Sim”, “Gotas de Amor”, Relâmpago” e o registro da romântica “Te Amo”, anteriormente apenas registrada no disco da novela Salomé.).

Minha Vida de Artista

Gravadora CBS [1990] close
keyboard_arrow_down

O disco de 1990 foi um presente para os fãs e um grande desafio para Byafra que, juntamente com o mestre Roberto Menescal, apostou em um disco de carreira, porém com arranjos novos para os principais sucessos da carreira. Intitulado “Minha Vida de Artista”, este trabalho comemorava os dez anos de sucessos na carreira do cantor carioca (embora, quando do lançamento, Byafra já tivesse 11 anos de trabalho solo). O carro-chefe do disco foi “Machuca e Faz Feliz” que foi tema da novela “Barriga de Aluguel”, folhetim da Rede Globo que esteve no ar de Agosto de 1990 a Junho de 1991.

Isso é tudo, caro Ícaro!


  • cover play_circle_filled

    01. Sonho de Icaro
    Existe Uma Ideia

  • cover play_circle_filled

    01. Leão Ferido
    Despertar - 1981

  • cover play_circle_filled

    01. Uma Vez e Nunca Mais
    Biafra (1980),Rádio Byafra

  • cover play_circle_filled

    01. Seu Nome
    O Sonho Deve Ser

  • cover play_circle_filled

    01. Estrelas No Ar
    Biafra (1987)

  • cover play_circle_filled

    01. Te Amo

  • cover play_circle_filled

    01. Perdões
    Infinito Amor

  • cover play_circle_filled

    01. Moldura
    Icaro

  • cover play_circle_filled

    01. Flash Back
    Segundas Intenções

  • cover play_circle_filled

    01. Bye Bye
    Bye Bye

  • cover play_circle_filled

    01. Uma Vez e Nunca Mais - Ao Vivo - 2014
    Byafra Ao Vivo

  • cover play_circle_filled

    01. Água Ardente - Ao Vivo - 2014
    Byafra Ao Vivo

  • cover play_circle_filled

    01. Helena - Ao Vivo - 2014
    Byafra Ao Vivo

  • cover play_circle_filled

    01. Seu Nome - Ao Vivo - 2014
    Byafra Ao Vivo

  • cover play_circle_filled

    01. Sonho de Icaro - Ao Vivo - 2014
    Byafra Ao Vivo

  • cover play_circle_filled

    01. Carrossel
    Minha História

  • cover play_circle_filled

    01. Jeito de Ser
    Minha História

  • cover play_circle_filled

    01. Outra Forma de Paixão
    Minha História

  • cover play_circle_filled

    01. Criatura
    Minha História

  • cover play_circle_filled

    01. Cacareco
    Minha História

play_arrow skip_previous skip_next volume_down
playlist_play